top of page

Plenitude - Coleção de Inverno 2022

No seguimento do Rebirth, a Plenitude surge, como um acrescento do que foi feito no verão. É o consagrar do nosso propósito, conectar pessoas distantes geograficamente, socialmente e mentalmente, pessoas que não se cruzam, mas se tocam pelo material.


O que mais se destaca, é o ikat. Técnica ancestral feita na sua maioria em algodão, mas que também se encontra em seda. O processo é complexo e o que o dignifica, é a linha ser tingida antes de ir para o tear, fazendo com que tudo seja mais moroso e delicado.



Os fios após tingimento


Descobrir este novo fornecedor e visitá-lo foi importante para perceber, como funciona a fábrica no seu ciclo completo. Quantas pessoas tem? como trabalham? estão felizes neste espaço? Encontrei um sítio, limpo, seguro, com muitos espaços abertos, num ambiente calmo e descontraído

A habitual pausa para o Tchai, foi passada entre as gargalhadas curiosas enquanto eu passava. Afinal a visita de um ocidental não é assim tão normal.


Marcação dos fios, de forma manual, para que sejam tingidos no sítio certo


Mostraram-nos muitos designs, cores e hipóteses. Fizemos a 1ª triagem, para depois fazermos uma 2a já que é necessário que exista uma quantidade mínima de metros.

Este ano queria cor! Verde, azul, rosa. Sair dos enfadonhos beges, cinzas e pretos de todos os dias. Dar uma luz ao Inverno, às saídas para dar só uma volta, aos almoços frios, secos e prolongados, sozinhas ou acompanhadas com vinho ou coca-cola mas sempre bons.


As nossas peças, querem ajudar a mulher a sentir-se especial. Queremos que se destaque, sendo aquilo que é da forma que for.


As minhas peças favoritas são os vestidos, pois este ano, fiz com corte redondo na gola e apostei num design menos habitual, mas muito elegante.



Os conjuntos de casaco, calças destacam-se pelo brilho do acetinado e do padrão block print, feito também ele à mão em modal grosso.



Os casacos de lã cheios de côr e de forros divertidos, que não se vêm mas fazem a diferença,afinal aquilo que demora a aparecer pode ser mais importante do que se vê de caras. Pode esconder o sumo da peça. (Só chegam para a semana)


Trabalhámos a lã, que comprámos em armazéns que vendem desperdício de grandes fábricas. O modal já vai sendo um material normal nas nossas coleções, pois é muito confortável e fluído e o algodão no já falado Ikat.


Assim, passado 1 ano de muitas decisões e algumas contrariedades a coleção Plenitude chega, para arrebatar com os nossos armários.


Divirta-se e descubra-nos:


  • Lx factory

  • Rita Salazar Store (Av de Roma, Lisboa)

  • Be Gorgeous. (Telheiras)

  • Alfazema do mar (Cascais, casa da guia)

  • Apartamentos B58 (Porto)













10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page